28
Dez 10

 

As Charolas na Freguesia de Santa Bárbara de Nexe (Faro - Algarve - Portugal) têm características próprias e são a manifestação cultural mais tradicional e genuína desta Freguesia e únicas no Algarve e em Portugal.

As Charolas e as tradições da Freguesia, a sua identidade comunitária e o reforço das dinâmicas culturais e da cooperação cultural e social são factores importantíssimos potenciadores de intervenção cívica e coesão social.

As Charolas são onde o passado, o presente e o futuro se encontram num espaço simbólico para expressar e afirmar a identidade colectiva, através da festa, do improviso, da vivacidade das músicas, da evocação da tradição, amizade, união e fraternidade.

VER A HISTÓRIA DAS CHAROLAS- CLIQUE AQUI.

publicado por sbnexe às 07:39

22
Dez 10

 

 

MOÇÃO

 

SOLIDARIEDADE COM OS TRABALHADORES DA GROUND FORCE

 

Considerando que:

 

- O despedimento de mais de 300 trabalhadores da GroundForce no Aeroporto de Faro, num Algarve também ele vítima do crescimento vertiginoso do desemprego (mais de 3.000 desempregados em Faro e mais de 30.000 na região), terá um dramático impacto social, incluindo na Freguesia de Santa Bárbara de Nexe, de onde são originários vários trabalhadores da empresa.

 

- A GroundForce tem como accionista principal a TAP e, consequentemente o Estado, razão pela qual o Governo, que se reclama como Socialista, não pode fazer de conta que este não é um problema seu.

 

- A administração da GroundForce e o Governo não podem continuar a recusar o dialogo com os trabalhadores e seus representantes, ignorando propostas de flexibilidade/adaptabilidade/mobilidade e propostas de redução de custos operacionais de cerca de 8 milhões de euros, tornando a empresa clara e inequivocamente viável.

 

- A administração da GroundForce e o Governo não podem continuar a ignorar o contributo para a situação negativa da empresa dos erros de gestão e as mordomias injustificadas, o aumento do número de administradores da TAP de 5 para 30 em 10 anos, os negócios ruinosos no Brasil que custaram em 3 anos 250 milhões de euros, a perigosa subcontratação de empresas de trabalho temporário no valor de mais de 10 milhões de euros em dois anos e desaproveitando os recursos humanos da empresa, etc....

 

A Assembleia de Freguesia de Santa Bárbara de Nexe, reunida em 20.12.2010, delibera:

 

- Manifestar a sua solidariedade com os trabalhadores da GroundForce.

 

- Requerer ao Governo a adopção de medidas de salvaguarda dos postos de trabalho e de viabilização da empresa.

 

- Enviar esta Moção ao Governo, à Assembleia da Republica, à Comissão de Trabalhadores da GroundForce e aos Órgãos da Comunicação Social.

publicado por sbnexe às 16:46

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
23
24
25

26
27
29
30
31


arquivos
subscrever feeds
DOCUMENTOS
pesquisar neste blog